Páginas

Seguidores

Matheus tem...

Guia Infantil

terça-feira, 1 de março de 2011

BLOGAGEM COLETIVA: Nós, os pais!

Chegou a hora dos pais invadirem o espaço das mamães blogueiras! Obaaaaa! Não, quem sou eu para adentrar no espaço de vocês, mães!!! Mãe é mãe e pronto!!! E esse é o espaço de vocês! Mas que fiquei feliz de poder participar deste post, fiquei, pois pelo que a mamãe fala, este universo é maravilhoso. Bom o que falar: já sei: "Ser pai é padecer no paraíso." Bom, acho que não né! Vou falar então sobre o que foi e é ser o pai do Matheus!
Bom vou contextualizar um pouco: Sou funcionário público e formado em Teatro, sim sou artista, ator, professor e diretor de teatro e minha vida sempre foi trabalhar com a criação. Criação de ficção, criação de fantasia, de mentiras, de personagens, de seres que não existem, criação de outras realidades. E quando casei em 2004 e logo no ano seguinte percebi, ou melhor, me vi dentro da "real" possibilidade do poder da criação de um ser real, e não mais fictício como nos espetáculos em que eu criava. Esta seria a minha mais perfeita criação, a mais digna, a mais amada e a mais esperada e projetada. A criação de que vos falo, é a benção que foi poder gerar junto a minha esposa o nosso filho, o Matheus, de longe a minha obra de arte mais preciosa. Obra esta, concebida longe dos palcos.
                              "Que obra-prima é o homem!
 Como é nobre em sua razão! Como é infinito em faculdades!
 Em forma e    movimentos, como é expressivo e maravilhoso! 
Nas ações se parece com um anjo!
 Na inteligência se parece com um deus!"
HAMLET - Shakespeare - Ato I, Cena II.

Para mim, ser pai é isso, é conceber, gestar e criar! Ser pai é participar da CRIAÇÃO. E isto significa que você é absolutamente responsável por transmitir valores para a sua cria, e quando falo em valores, não me refiro a valores financeiros, cifras, reais ou dólar! Nem tampouco de valores materiais! Mas de valores éticos, de exemplos que somente nós, os pais, podemos repassar aos nossos filhos. Valores não é "valor", valores não representa ter grana ou status e ensinar a me relacionar com A ou B porque ele tem grana, carro ou casarão. Os valores que repasso são de ser íntegro, verdadeiro, humano( pode não parecer, mas difícil em tempos remotos), gostar de uma boa música (e boa música não é somente a que eu gosto, mas tentar apresentar ao seu filho uma diversidade, uma pluralidade, contando que não seja de procedência duvidosa,) de um bom livro, de saber discernir o certo e o errado, mesmo sabendo que o que é certo para mim pode ser errado para você e vice-versa, mas acreditar que o seu exemplo tem que ser o referencial para o seu filho, não matar, não roubar nem tampouco fumar ou beber (preferencialmente, senão ao menos longe deles, é o mínimo!) . Portanto, no meu dia a dia eu tenho que pensar os meus atos, pensar os meus passos, pois estarei interferindo diretamente na formação do meu filho. Então nossa rotina é a de brincar (mesmo que essa brincadeira seja barulhenta e a mamãe não autorize), passear, ler, apreciar filmes, espetáculos de teatro (nós aqui em casa vamos muito ao teatro), cinema (adoramos!), galerias de arte (é de graça!), espetáculos de dança, de ballet (mas "ballet é coisa de menina!", até pode ser, mas mesmo o seu filho sendo um menino, pois não podemos incentivá-lo a viver numa sociedade de segregação, onde "isso é para menino", e "isso é para menina", pois futuramente isso pode se transformar em preconceitos segregadores tornando uma sociedade como a nossa de hoje, pense nisso, pois nem o menino nem tampouco o papai deixaram de ser o que são pelo fato de assistir um ballet ou o desenho da "Rapunzel" por exemplo, ou de a menina assistir ao desenho dos "Carros" ou gostar de futebol), um piquenique no parque ou praça, enfim, são pequenos gestos e ações cotidianas que transmitem o nosso grande amor, além de interferir na sua criação. Ser pai é ter paciência (mesmo quando as vezes eles nos "tiram" a paciência), é escutar, confiar e passar confiança a eles, e dar liberdade a eles (sim, liberdade, pois eles precisam aprender que existem escolhas e desde pequeno eles tem liberdade de escolha e esta escolha acarretará conseqüências boas e/ou ruins, mas que todo o ato tem uma reação, portanto a liberdade é algo a ser incentivado. 
Bom, poderia ficar o dia todo aqui, escrevendo, mas penso que já me estendi o bastante, mas quando o assunto é filhos, sempre temos muito a falar, não é mesmo?
Gostaria de aproveitar e dizer que amo muito o meu filho (não há dúvida nisso), mas que amo muito também a sua mãe(não há dúvida nisso!) por estar dividindo comigo essa maravilha que é ser PAI. Um abraço a todas as mamães e papais e continuem compartilhando suas experiências e histórias.  Ah, vou aproveitar para divulgar o meu blog também, não é sobre filhos, mas sobre teatro, e neste ano estarei dirigindo um espetáculo dedicado ao meu filho e a todas as crianças, "O Pequeno príncipe", então visitem o meu blog  http://escapeteatro.blogspot.com/ Um grande abraço,
Diego Ferreira.
Matheus e papai Diego

18 comentários:

Adriana disse...

Ah...que lindo post papai! adorei!!!

Danny disse...

Amei o post, o papai do Matheus escreve muuuito bem e já gostei dele, pois temos algo em comum, o amor pelo teatro, também sou atriz, mas agora só atuo na igreja, rs.
Vou aderir a blogagem coletiva e pedir pro papai da Nathalia postar também, achei bem legal essa idéia.

Bjs!

Paloma Gavazza disse...

muito lindo o post by papai! Adorei essa blogagem coletiva! Parabéns pela família!! bjs

vanice disse...

Mandou muito bem o papai do Matheus hein danny?!!! Amei!!
beijos

Adriana disse...

Bom dia!!!
Meu nome é Adriana de Holanda Tavares, criei um blog junto com meu esposo para ajudar pessoas que precisam, maiores informações entra lá: chabebevirtual.blogspot.com precisamos que você contribua, com divulgação ou com um mimo... vai lá, como diz o poeta: FICA SEMPRE UM POUCO DE PERFUME NAS MÃOS DE QUEM OFERECE ROSAS, NAS MÃOS QUE SABEM SER GENEROSAS

Casadavi disse...

Papai participando , que belo exemplo !!!!!

Mamãe pela 2ª vez disse...

Que bacana este texto, mamãe e Mateus podem se orgulhar do marido e do papai.
Papai vou visitar o blog tbm.

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Dan querida..voltei aqui e encontro esse belo post! adorei a participação do papai!!! e que linda citação!!!!!!!!!
mil beijos a vcs todos,estava com saudades..
uma linda semana p vcs,fiquem com Deus!!
;-)

Bela disse...

Adorei o post do papai!!! Dany, vc tem dois belos homens em casa!!
Beijos e uma linda semana!
Bela

Patricia Charleaux disse...

Danny perdão por não comentar aqui com tanta frequencia, agora estou com tempo curto, as vezes entro só pra ver as noticias e saio rapidinho sem comentar,mas vou tentar vir aqui sempre que puder, como vai o serviço?Adorei esse pot do papai do Matheus, se meu marido fosse uma pessoa mais conversada eu falaria pra ele postar também ,mas ele é de poucas palavras, não ia dar certo, cada um tem sua personalidade!!Legal seu marido vir aqui falar sobre o Matheus!!!Fiquem com Deus!!!

Kcau-Coisa de Garotos disse...

Eu nem pude participar! Aff
Nem foi pq o pai não queria, foi a net que não colaborou.
Mas diz, ficou num orgulho total? É, pq ele foi super!
Bjim

Karine e Rafinha! disse...

oi querida, obrigada pelas palavras em meu blog, adorei seu recadinho...se somos parecidas então temos que uma ajudar a outra a mudar...rsss...bjs e dá parabéns para o papis pelo post.....

Cida Kuntze - compartilhandobencao.blogspot.com disse...

Nossa Diego, adorei o post, aprabéns!!!
Vou visitar o teu outro blog pra conhecer.
Abraços pra vc, pra Danny e Matheus.

Cida Kuntze - compartilhandobencao.blogspot.com disse...

Digo: parabéns!!!

chica disse...

O papai se saiu muito bem! Depois vou ver teu blog.abraçs,chica

Bela disse...

Uma linda semana pra vcs tbém, querida!!! Beijos mil!!
Bela

Priscila Sant'Anna: disse...

Que legal chegar aqui e poder ler o relato do papai do Matheus!
E que relato! Tão rico, tão detalhado, tão cheio de amor!

Parabéns para vocês por essa família linda.

O filho é sem dúvida a nossa maior obra de arte, uma obra de amor, puro amor!

Bjs
Pri&Bia

blogdepai disse...

Pena que não fiquei sabendo desse movimento dos Pais blogando. Mas como já escrevo um blog inteiro sobre a paternidade, não acho justo. :)
Convido a todas a conhecerem o nosso blog: http://www.blogdepai.com.br , temos posts toda sexta, e dicas toda segunda e quarta-feiras. Fiquem a vontade para comentar, participar, criticar, enfim... Um abraço e parabéns pelo blog!