Páginas

Seguidores

Matheus tem...

Guia Infantil

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Visita a 8ªBienal do Mercosul(Parte I)


Nessas nossas andanças pela Capital,aproveitamos a carona e fomos visitar duas partes da 8ªBienal do Mercosul.
No Museu do Santander Cultural,visitamos a mostra das Pinturas aeropostais do artista chileno Eugenio Dittborn.
Lá no Santander eu não sei se podia tirar fotos.Vi pessoas tirando mas não quis me arriscar.
Então,catei umas imagens do "tio google"pra vocês poderem ver.
Obras do Eugenio:
Tá vendo essas obras aqui?!
Elas são feitas numa espécie de lona e vem todas dobradas dentro dos envelopes que mostro logo abaixo.


E nesses envelopes,as obras vem e vão circular por outras cidades que recebem a Bienal aqui no RS.

Também fomos visitar o MARGS,quem quiser conhecê-lo clique AQUI.Lá vimos um mapa todo feito de diversos tipos de carpetes,e uma onça linda com seu filhote.
O Matheus quando a viu,foi logo passando a mão para acariciar a onça.
Mas...TAMBÉM NÃO PODIA PASSAR A MÃO!
Afff....e muito menos tirar foto.
Consegui duas imagens lindas no site do Margs e vou colocar aqui para
vocês verem:


Olha que legal que é olhar lá de cima o mapa.


Também vimos quadros em 3dimensão.Muito legal ter um olhar em 3D das obras(a meu ver pareciam foto montagens).
Quando formos de novo a capital,vamos visitar as outras partes da Bienal que estão espalhadas pela cidade.
Vale a pena ir ver!
Vá visitar com as crianças você também!#BIENALVOLTAREMOS!

Conhecendo um pouquinho mais sobre a 8ªBienal:


A 8ª Bienal do Mercosul está inspirada nas tensões entre territórios locais e transnacionais, entre construções políticas e circunstâncias geográficas, nas rotas de circulação e intercâmbio de capital simbólico. O título refere diversas formas que os artistas propõem para definir o território, a partir das perspectivas geográfica, política e cultural.
As bienais são eventos primordialmente expositivos, que ativam a cena artística de uma cidade durante períodos relativamente curtos. Contudo, além de serem recorrentes, são descontínuas – e esse é seu lado fraco: nos períodos entre uma bienal e outra usualmente não acontece nada, ou bem pouco, em termos de ativação da cena artística. A 8ª Bienal do Mercosul tenta responder à seguinte pergunta: é possível fazer uma bienal cuja ênfase não seja exclusivamente expositiva?
Nossa proposta inclui estender a ação da Bienal no espaço e no tempo. E propõe entender o tema escolhido não apenas como um marco conceitual para ler a produção artística contemporânea, mas, sim, como uma estratégia de ação curatorial, sugerindo a Bienal como uma instância de criação e consolidação de infraestrutura local.



Para quem quiser ir visitar:
A 8ª Bienal do Mercosul já acontece  desde  o dia 10 de setembro e vai até o dia 15 de novembro de 2011.  Reúne 105 artistas de 31 países que desenvolvem obras relevantes para discutir noções de país, nação, identidade, território, mapeamento e fronteira sob os aspectos geográficos, políticos e culturais.
Fontes:Tio Google,site da 8ªBienal e MARGS.

3 comentários:

Dani disse...

Adoro esses passeios. São sempre enriquecedores, nos abre a mente.

Obrigada pelo carinho, viu?

Beijo grande

Mãe Mochileira,Filho Malinha disse...

Que legalll DAn!! super bacana esse passeio,cheio de cultura!è por essas coisas que sou apaixonada pela cidade que vc mora,sempre cheia de programações bacanas!!!
Adorei!bjao em vcs!!!
:-)

Angélica Seguí disse...

Dan, parabéns pelo post! Adoramos.